domingo, 31 de março de 2013

Expectativas - O preço das cores...



Crio expectativa como quem cria galinhas, e isso tem sido algo tão improdutivo e constante em minha vida. Meu coração tem sido um terreno fértil e elas se multiplicam com muita facilidade. Ao contrário de muitos, não quero ser surpreendido. De clichê em clichê a gente vai se criando em série, feitos para pensar e agir da mesma maneira. Só é surpreendido quem não espera, e se não espera é porque nunca desejou realmente. Quem não cria expectativas jamais vai saber o gosto que tem querer e ter com a  mesma intensidade. O mundo é uma escola e a decepção é uma professora ranzinza, porém muito inteligente. Crio expectativas desde a primeira hora do dia até o calar da noite. Não criar, seria ter uma folha de papel toda em branco e uma caixinha de lápis de cor e, usar apenas o cinza.  Eu pago o preço das cores. 


@ChrisRibeiro



Um comentário:

  1. Também pago pelo preço das cores! Fazer o que, né?
    Beeeijoos

    ResponderExcluir